UM POUCO DE CULTURA INÚTIL