UM DESCASO DE TODOS NÓS

dengue1

Como controlar uma doença que surge do nosso lado? A resposta mais óbvia seria: cuidando para que ela não ocorra, o que significa dizer tomar uma atitude preventiva. Se todos fizéssemos isso, a dengue não mais existiria no Brasil. Mas o que ocorre? É que todos somos descuidados e não damos a devida atenção à prevenção.

E isso ocorre não é por falta de divulgação, de informação. Todos os dias vemos na televisão e em outros meios de comunicação chamadas e mais chamadas que lembram a todos nós que a dengue está presente, se preparando para atacar. Os cuidados para evitá-la são simples. Mas, mais uma vez, o que fazemos? Nada. Apenas torcemos para que não ocorra. Ou então, culpamos o Governo, que não faz nada.

O que precisamos, na verdade e na questão a dengue, é parar de olhar para o próprio umbigo, parar de reclamar, de colocar a culpa nos outros, no Governo, e assumir que a prevenção é uma tarefa de todos nós. O que precisamos é de uma mudança de mentalidade, deixando de lado o “não é comigo”, para assumir que a prevenção é, também, uma responsabilidade individual.

Olhando do nosso lado, tomando medidas simples e eficazes vamos não só ajudar no controle da dengue. Combater a doença, com a adoção de medidas preventivas, é responsabilidade de todos nós. E então, vamos agir. Vamos aproveitar o exemplo da Meire, que provocou esta blogagem, e começar a agir preventivamente.

Se o fizermos, o Brasil vai agradecer.

APENAS UM REGISTRO

O que você diria se descobrisse que alguém está usando os seus post e dizendo que eles foram publicados em outros blogs, mas com os endereços dos links certos? Ah, nunca passaram por isso? Pois e, está acontecendo comigo.

Descobri através dos trakbacks. Quando fui olhá-los, cheguei aos blogs, mas vi que a indicação era de que alguém que não eu havia publicado o assunto. Até agora são dois blogs: SuperJogos e Dinheiro Internet. Se o objetivo era aparecer aqui no blog, está registrado. Mas sem os links. Afinal, não há nada de original neles, apenas a reprodução de posts alheios.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

22 Respostas

Entre na conversa