PRA QUE SERVE, MESMO?

surf.jpg

A ciência em si é algo maravilhoso. Em todo o mundo pesquisadores se debruçam sobre os mais variados assuntos, pesquisando-os e aumentando o conhecimento das pessoas, ampliando o que sabemos sobre nós mesmos, sobre o planeta, sobre os animais, etc.

Mas existem pesquisas e pesquisas. Algumas, ganham maior destaque e tem aplicação mais direta em nossas vidas. Outras, por envolver teorias, são exercícios mentais e, muitas vezes, levam décadas para serem confirmadas.

Um dos campos com maior número de pesquisas é o do comportamento humano. Os cientistas querem saber por que somos o que somos. Então, pesquisam. E nessas pesquisas aparecem temas como o risco de surfar, comparado com o de jogar futebol.

Sério. Esta é uma pesquisa que pesquisadores do Rhode Island Hospital and Brown Medical School, no Estado de Rhode Island, nos Estados Unidos, acabaram de concluir.

O que eles descobriram? Que surfar é mais seguro do que jogar futebol – sim, o nosso futebol, não o deles – ou basquete. No surfe, se machuca menos. No futebol e basquete, mais. Afinal, no caso do velho esporte bretão, é um jogo de contato.

Bem, eu não sou surfista, nem jogo futebol. Então, pra que serve, mesmo, a pesquisa? Acho que para constatar o óbvio.

(Via EurekaAlert)

SEM NOVA PESQUISA

Sábado, como todos os leitores já sabem, normalmente entra uma nova pesquisa aqui, no blog. Neste, no entanto, será um pouco diferente e as razões, já são conhecidas: estou de férias e o blog, no automático.

Então, a pesquisa sobre as expectativas para o novo Congresso continua e fica, pelo menos, até o início da próxima semana. Aí, então, estarei de volta e o blog voltará ao normal.

Enquanto isso, se você ainda não votou, não deixe de participar. Vá à barra lateral, escolha uma opção e vote. Participe!.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

16 Respostas

Entre na conversa