PRA QUEM VOCÊ ESCREVE?

leitores1.jpg

Está rolando na blogosfera um assunto que, desde que comecei, é meio que recorrente e que pode ser resumido na pergunta do título. O que os blogueiros, sobretudo os que monetizam seus blogs, estão sempre perguntando é para quem estão escrevendo, se para os leitores/assinantes ou para aqueles que chegam, olham e passam.

Desta discussão surgiu um meme e, é a partir dele e de uma indicação do Silvano, do Plugbr, que estou entrando na discussão. E sobre ela tenho uma posição que, talvez, seja diferente do que foi dito até agora. Acho que, a não ser que se escreva sobre temas muito específicos – e poucos blogs fazem isso – não dá para dizer para quem se está escrevendo.

Pelo menos, não para traçar um perfil do seu leitor, como se faz, por exemplo, com os leitores da mídia impressa ou, mesmo, de alguns sítios noticiosos. E isso se dá, no meu entender, por uma razão simples: blogs são conversações, pressupõe interação, participação e você, neste caso, não determina quem vai participar, já que o comentário, a crítica, o elogio, a indicação e tudo mais são sempre espontâneos.

Neste sentido, acho que o mais importante é o conteúdo, seja o blog monetizado ou não. Se o conteúdo é bom, atraente, você consegue leitores. E eles voltam, tornam-se leitores assíduos se este conteúdo é variado, lhes agrada, oferece informação e diversão, muitas vezes as duas coisas juntas. Pelo menos para blogs que não são específicos e não tratam de um único assunto.

Então, para quem eu escrevo? Não tenho um público dirigido. Escrevo sobre o que gosto, acho interessante. E não me preocupo se é para assinantes, paraquedistas ou outro tipo de leitor. E você, para quem escreve? Se quiser, sinta-se convidado para continuar o meme.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

27 Respostas

Entre na conversa