OS CONTROLES INVISÍVEIS

chip.jpg

Quem trabalha, sobretudo na área de vendas, com uma grande quantidade de itens tem um sério problema de controle sobre o que é vendido ou o que não vende.

Imagine, por exemplo, um supermercado. Se for de porte médio, ele trabalha com cerca de 10 mil diferentes itens. Se for um hiper, pode chegar a 60 mil. Como controlar tudo isso?.

A tecnologia pode ajudar. E está ajudando com a adoção do Identificador de Radiofrequência (RFID, para a sigla em inglês), que é um minúsculo chip implantada na própria mercadoria que fornece uma série numérica, lida por leitores especiais e passada ao controle da loja e da empresa.

A RFID já permite, por exemplo, que à medida que enche seu carrinho de compras, fique sabendo o valor total do que comprou. Mas ela se destina, basicamente, ao controle das empresas e ao controle de estoque, sobretudo mirando no giro das mercadorias, garantindo que você encontre o que procura e o que sempre compra.

Para que tudo isso seja possível, são necessários chips minúsculos. E é neste caminho que avança a tecnologia, com a Hitachi japonesa anunciando que acaba de desenvolver um chip que do tamanho de um grão de talco, algo como uma polegada dividida por 100, o que o torna praticamente invisível a olho nu e permite que seja colocado em uma folha de papel.

Com a nova tecnologia, praticamente qualquer tipo de produto poderá ter um chip de controle embutido. Nisso, garante não só os controles no ponto de venda, mas garante, também, que você está comprando algo original, contribuindo para a queda das falsificações.

O novo chip, segundo a empresa que o desenvolveu, ainda não tem data para chegar ao mercado. Mas isso não quer dizer que vá demorar mais, afinal, este é um dos mais promissores mercados de tecnologia. (Via Wired)

MARAVILHA DO CÉREBRO

De aorcdo com uma peqsiusa de uma uinrvesriddae ignlsea, não ipomtra em qaul odrem as Lteras de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e útmlia Lteras etejasm no lgaur crteo.

O rseto pdoe ser uma bçguana ttaol, que vcoê anida pdoe ler sem pobrlmea. Itso é poqrue nós não lmeos cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa cmoo um tdoo.

E então, está provado? Isto, na verdade, não é novidade e quem vê o National Geographic, por exemplo, já viu isto. Quem me mandou foi a Laura, do Caminhar.

VOCÊ É PRECONCEITUOSO?.

Não fique zangado comigo pela pergunta. É que a enquete desta semana no blog trata do racismo e preconceito.

O que se deseja saber é como os leitores vêm a questão, indo de um ponto de vista que afirma não haver nem racismo, nem preconceito no Brasil, até o que foge do assunto e diz não saber.

Vá à barra lateral, escolha a sua posição e vote. E, se for o caso, deixe um comentário falando do assunto.

faixahelio.jpg

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

16 Respostas

Entre na conversa