OS CONSELHOS DE UM VETERANO

indica2

Os blogs ou weblogs como ficaram inicialmente conhecidos estão fazendo 10 anos. Foi um caminho bem percorrido e, hoje, depois de deixar de ser um diário pessoal – às vezes ainda o é – transformaram-se em uma nova mídia e, segundo especialistas, ainda têm muito a conquistar.

A Wired, a propósito, afirma que o futuro dos blogs é brilhante. E relembra como ele foi criado, quando Jorn Barger lançou o Robot Wisdom, uma série de links para os assuntos que ele achava interessante na Net. O Robot ainda está de pé e tem coisas interessantes, com links para vários outros blogs e sítios, leitura do Jorn e que a gente pode aproveitar.

Falando em blogs, especialistas é o que não falta. Mas o que diria o seu criador? Que conselhos daria aos que estão começando? A Wired foi perguntar. E Jorn Barger alinhou dez dicas para o novo blogueiro. Veja quais são:

1. Um blog verdadeiro é um log de todos os sítios que você gostaria de salvar ou dividir. (Então, hoje, o del.icio.us é melhor para os bloggers do que o próprio Blogger).

2. Você pode, é claro, colocar links sobre você fora do seu blog, mas se o blog tem mais posts originais do que links, recomendo aprender um pouco de humildade.

3. Se fizer uma pequena procura antes de postar, vai descobrir que alguém já falou do seu assunto e melhor do que você.

4. Seja você mesmo, sem suprimir links que não o tratem favoravelmente. Seus leitores querem saber quem efetivamente você é.

5. Você pode melhorar o título das páginas que sugere quando as descrever e dar o link. (Assegure-se de sua descrição fará os leitores se lembrarem dela, reconhecendo páginas que já visitaram ou quando a visitarem novamente)

6. Use sempre algum adjetivo para descrever sua própria reação à página que recomenda (ótima, imaginativa, clara, útil, etc.)

7. Dê os créditos à fonte que você usou. Assim, seus leitores podem conferi-la e “moverem-se para cima”.

8. Cuidado com os problemas – formatação estranha, múltiplas páginas com histórias, textos muito longos, etc. Não esconda o link principal entre outros auxiliares, mal identificados ou pobres.

9. Escolha alguns autores favoritos ou celebridades e crie um feed no Google News, acompanhando novas menções a eles. Assim, outros fãs podem segui-los através do seu blog.

10. Reindique seus links favoritos de tempos em tempos para quem os perdeu, esquece ou o está lendo pela primeira vez.

E então, o que você acha? Os conselhos servem tanto para quem está começando, quanto para quem já está na blogosfera. Pelo menos é o que eu acho. Então, confira e veja se o seu blog segue os passos do “pai dos blogs”.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

12 Respostas

Entre na conversa