ONDE A MÍDIA PÕE SEU FOCO

midia1.jpg

Quem acompanha as notícias pela TV, pelos jornais ou por outros meios, eletrônicos ou não, sabe que a mídia é seletiva, significando que fala de alguns assuntos enquanto esquece totalmente outros. A lógica é que, se uma parcela considerável está falando de algo, ele ganha maior volume e maior divulgação.

Se localmente isso ocorre, como seria em relação aos continentes, aos países? Pois um instituto francês que acompanha a mídia fez um levantamento e transformou isso em um mapa mundial com cores que representam quais os países que são mais abordados na mídia – que inclui, neste caso, também os blogs.

O vermelho indica as regiões ou países que, mais frequentemente, são transformados em notícias ou outras informações. Note, no caso da América do Sul, que os “hermanos” argentinos estão à nossa frente, o que significa que o vermelho mais esmaecido – será rosa? – é usado para o escalonamento do aparecimento destas regiões na mídia. Isto é, estão em segundo lugar.

Quando mais clara for a cor do mapa, menor é o aparecimento dos países ou regiões na mídia. Aqui, trata-se do que podemos chamar de “mídia global”, já que se olharmos a mídia de cada país a situação será bem diferente, pelo menos em relação ao todo. Ela se replica, no entanto, quando se trata da distribuição espacial do que é noticiado dentro do próprio país.

Veja o caso do Brasil, com o noticiário se concentrando nas regiões Sudeste e Sul, com uma passagem por Brasília, que é o centro do poder brasileiro. As outras regiões – Nordeste, Norte e Centro Oeste – aparecem muito menos. E essa divisão especial se replica, também, nos próprios Estados. No Espírito Santo, por exemplo, quase a totalidade do noticiário aborda a Grande Vitória, onde está a capital e as principais cidades do Estado.

No final, o que o levantamento mostra é que, para qualquer mídia que formos, acabamos por ver ou ler sobre os mesmos assuntos, se não na totalidade, pelo menos na maioria das vezes e dos casos.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

12 Respostas

Entre na conversa