O ESPAÇO DA INFORMAÇÃO

info.jpg

Há alguns anos, quando comecei a usar computadores, não se podia dizer que tinham memória, mas apenas uma vaga lembrança. O meu primeiro computador de verdade, tinha um disco rígido de 2 megabytes. E era algo excepcional na época.

Hoje, o que vemos são discos rígidos cada vez maiores, fruto do gigantismo dos programas. Mas não é só isso. O volume de informações que acumulamos “arquivados no HD” é enorme. E ocupa muito espaço.

Quanto espaço? Segundo um levantamento do IDC, instituto de pesquisa na área de informática e tecnologia, dos Estados Unidos, muito. A previsão é que a informação criada e replicada, neste ano, chegue a 255 exabytes.

Sim, e daí, perguntará você? O problema é que esta quantidade de informação supera, e bastante, a capacidade total de armazenamento em todos os computadores do mundo.

Simplificando: Todos os dispositivos de armazenagem de dados existentes no mundo não conseguirão suportar e arquivar a quantidade de informações produzidas.

Assustado? Pois não fique. É que um volume imenso de informações produzidas não são arquivadas. O próprio IDC calcula que, no caso das corporações, elas só guardam 10% das informações que produzem.

Então, o volume de informação não causará, no final, problema de armazenagem porque muito dela é descartada. Mas, de outro lado, os números servem para nos dar uma dimensão da carga de informações que suportamos no dia a dia.

Tenha certeza: É muita coisa. Mas muita, mesmo. E como no caso dos computadores, a maior parte dela você deleta. (Via eMarketeer, em inglês)

DO QUE VOCÊ TEM MEDO?

Qual o seu medo? Tem gente que teme animais. Outros, insetos. E o seu medo, qual é? Complicado de responder não é. É só dar uma olhada na barra lateral, escolher uma opção e votar.

O medo – que todos nós temos – é o tema da enquete desta semana. Então, vá lá e vote.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

24 Respostas

Entre na conversa