MASCARANDO O PROBLEMA

cigarro.jpgUma discussão que está sempre presente no horizonte é a das drogas legais. Alguns são contrários a que sejam vendidas e afirmam que, por serem legais, elas acabam causando tantos problemas quando as ilegais.

Neste caso estão, dentre outros, as bebidas e o cigarro. A bebida é bem mais tolerada que o cigarro e é até incensada como sinônimo de bom gosto, como os vinhos.

Trago aqui este assunto a partir de uma notícia que li nos jornais. Ela informava que os alemães que são fumantes, reprimidos em seu país, onde o fumo é proibido na maioria dos lugares, estão indo à Polônia, onde não existe restrição, para fumar. Com isso, invadem bares próximo da fronteira e fuma à vontade.

Se os alemães acham isso um problema, os polonês, principalmente os que os recebem, devem estar achando ótimo. O certo, no entanto, é que existe uma campanha mundial contra o fumo, que causa, efetivamente, muitos problemas. Quem não o restringe em áreas fechadas, pelo menos cria alguns entraves para a propaganda do cigarro.

Aqui, no Brasil, como sabemos é proibido fumar em ambientes fechados e a propaganda do cigarro é altamente desestimulada. Um dos meios usados são imagens, horríveis em todo o sentido, que são estampadas nos pacotes de cigarros. Elas pretendem mostrar as consequências do fumo, do vício do tabaco. E na esteira deste cerco a uma droga que é legal e que gera um ótimo volume de impostos, o consumo do cigarro tem caído na maioria dos países, inclusive entre nós, os brasileiros. Hoje, muita gente deixou de fumar ou é desestimulado a fazê-lo.

O assunto é sério, mas serve, também, para relatar comportamento que vi. Outro dia, em um restaurante, observei alguém pedir um maço de cigarro. Ao ser atendido, olhou a figura que nele estava, que chamava a atenção para o uso continuado do tabaco provocar impotência e pediu para que fosse trocado. Ao explicar o pedido, emendou, mascarando o problema:

– Sei que causa problema. Pode ser um de câncer, mesmo. Mas broxa, não! Nem quero saber disso!.

A partir disso me convenci que, ao contrário do que dizem, os fumantes sabem exatamente o mal que o cigarro pode lhes causar. Mas continuam a fumar. Talvez seja a força do vício. Talvez seja um tipo de rebeldia, de ir contra a maioria. O fato é que, politicamente incorreto, o cigarro persiste.

Por que, será?

UM NOVO PRÊMIO

seloyy.jpg

Ao longo dos seus quase dos anos de existência este blog foi bem cotado por seus leitores, que continuam crescendo, e pelos integrantes da blogosfera como mostra a relação em Prêmios e Afins.

Como tenho repetido, tento fazer um blog que, antes de tudo, me agrade. E parece que tenho agradado, também, a quem o lê que vê nele qualidades que os levam às estas premiações.

E é isso o que está acontecendo agora. Acabo de receber do Cidão, do Chronicles & Tales, o Selo Yin e Yang, cujo objetivo, segundo a sua criadora, a Mary, é destacar os blogs que tem estes dois lados. E o melhor é que, nesta premiação, estou em muito boa companhia.

Quando às indicações, peço desculpas por quebrar a corrente, mas não as vou fazer. Acho que, se escolhesse dentre os vários blogs que gosto, acabaria por comentar uma injustiça. Querem escolher algum? Olhem no meu Favoritos. Tem um rol de excelentes blogs.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

19 Respostas

Entre na conversa