MAIS ESTRANHO QUE A FICÇÃO

difere.jpgO tema é batido: humanos que sofrem algum tipo de mutação genética e, com isso, ganham poderes especiais. É a base para a histórias dos X-Men e, também, para os personagens de Heroes, uma das séries de maior sucesso na televisão mundial. Tanto em um quanto no outro caso, cada pessoa tem uma habilidade especial. Um, pode ver o futuro pintando. Outra, é capaz de se regenera, quaisquer que sejam as circunstâncias. Algumas, têm capacidade telecinética. Outras, provocam tempestades.

E se tudo isso for real e do nosso lado, bem perto mesmo, estivermos convivendo com pessoas que têm habilidades especiais, com a ficção, por mais estranha que apareça, se tornando real? Ah!, você não acredita!. Pois pode acreditar. Hoje e em várias partes do mundo existem humanos que, digamos assim, têm habilidade especiais. Podem até não se recuperar, como a adolescentes de Heroes, mas fazem coisas que ninguém faz.

Quer um exemplo? Uma jovem belga que é capaz de sentir o gosto das notas musicais e que vê cores nos sons. Um jovem alemão que é um verdadeiro computador humano. Um pintor cego desde a nascença que é capaz de pintar paisagens com todo realismo. Um homem que pode controlar a temperatura corporal e, com isso, expor-se ao frio que mataria uma pessoa comum.

São apenas alguns exemplos. Sim, eles são diferentes. Serão mutantes? É o que a ciência – que eles desmentem – está querendo descobrir. O fato é que, nos seis bilhões de humanos que temos no planeta, poderíamos formar não um, mas vários freak shows. E estamos falando de pessoas que, à primeira vista, são comuns, que agem e se divertem como nós próprios fazemos.

Ver isso na TV e no cinema, é uma coisa. Mas ter ao seu lado alguém que em uma habilidade especial, é diferente. Como você se sentiria? Olharia com espanto, surpreendendo-se com a diversidade dos humanos, suas capacidades inusitadas ou ficaria desconfiado? Normalmente, a sociedade teme o que não sabe, o que não controla, o que é diferente. É o que acontece com os X-Men. É o que acontece com os personagens de Heroes.

Vendo a ficção tornar-se realidade, talvez devêssemos nos maravilhar com o que o homem é capaz de fazer. E entender que nós próprios somos frutos de mutações genéticas, o que nos torna iguais àqueles que, por uma razão não explicada pela ciência, são diferentes de nós.

Tag: sem tag

19 Respostas

Entre na conversa