MAGRELAS. E COM FILHOS BURROS

juliana1.jpg

Qual é o padrão feminino de beleza, hoje? As mulheres retilíneas, magras, idênticas às modelos, que são magérrimas e quase que uma chapa. Algumas até têm curvas – cintura mais fina, quadris mais acentuados, etc. – mas entram na categoria de “boazudas”, não na classificação de beleza padrão buscada por uma enorme gama de mulheres que, para chegar a ele, são capazes de todos os sacrifícios e até se submeterem a um bisturi corretor.

As magrelas que me perdoem, mas seus filhos serão burros. Desculpem, não estou agredindo ninguém. A afirmação de que as mulheres que têm curvas acentuadas – as “boazudas”, portanto – têm filhos mais inteligentes que as muito magras, quase retas, é de um estudo científico que acaba de ser publicado pela revista Evolution and Human Behavior. Ah, e tem mais: o estudo afirma que estas mulheres são mais inteligentes.

A explicação dos pesquisadores é que os ácidos graxos Ômega 3, que se acumulam nos quadris e nas coxas das mulheres, servem de alimento para o cérebro e são essenciais para o desenvolvimento neurológico dos bebês durante a gravidez. Os pesquisadores Stephen Gaulin, da Universidade da Califórnia, e William Lassek, da Universidade de Pittsburgh, usaram dados do Centro Nacional de Estatísticas de Saúde, nos Estados Unidos, para fazer o estudo e descobriram que a relação cintura-quadril das mães estava diretamente relacionada ao desempenho delas e dos filhos em testes de cognição.

O que os pesquisadores descobriram é que quando maior o quadril e as coxas, mais inteligentes podem ser os filhos. Segundo eles, neste caso, os quadris e as coxas funcionam como um depósito de nutrientes que o filho usa, na gestação, para o seu desenvolvimento. Estes nutrientes alimentam o cérebro e são essenciais ao desenvolvimento da inteligência.

E sabe aquela história da evolução das espécies? Pois é, quem tem mais curvas, ainda de acordo com os cientistas, consegue atrair mais os homens que, assim, têm filhos mais saudáveis e capazes de competir melhor, destacando-se. Viu? Acabamos de ter uma explicação científica para a maior atração dos brasileiros.

O estudo também concluiu que mães adolescentes têm filhos com problemas cognitivos porque não têm uma reserva suficiente de ácidos graxos, mas os pesquisadores afirmam que as que têm quadris largos acabam sendo menos afetadas pelo problema.

Se você é homem, já tem uma justificativa científica para escolher uma mulher com, digamos assim, bastantes curvas. E se mulher, ainda pode lutar pela beleza padrão, mas já sabe o que vai acontecer, não?

Ah, e gente. A pesquisa é séria. Não é gozação não. (Via NUD)

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

23 Respostas

Entre na conversa