E O ESCAMBO, O QUE É?

fusca.jpg

Tenho um amigo, de larga experiência, que há alguns dias estava contando sua experiência. Nela, está uma parcela de sua vida dedicada ao comércio, como representante, em um tempo, e como vendedor, outro.

Falando no pretérito, ele lembrava uma época em que, usando um Fusquinha, vendia roupas. Para adquirir a mercadoria, ia ao Rio de Janeiro, enchia o carro e viajava para o Espírito Santo. Fazia isso pelo menos duas vezes por semana, indo cedo e voltando à noite.

Nessas idas e vindas, no início era parado em postos de fiscalização. Com o tempo, no entanto, sempre que os fiscais viam o Fusquinha deixavam-no passar, sem problemas. O comércio, então, cresceu e as viagens se tornaram mais e mais frequentes. Ele estava, como disse, fazendo o seu “escambo”.

Neste caso, “escambo” quer dizer compra e venda sem nota. Na boa e velha língua portuguesa isso quer dizer, com todas as letras, o também velho contrabando. Aliás, também no velho e bom português escambo quer dizer troca, mas de uma mercadoria por outro. E o que o meu amigo fazia era, na verdade, venda, trocando as roupas pelo mais do que velho vil metal, o dinheiro.

Olhando o hoje podemos dizer que o “escambo” é a marca da informalidade. E lembrar que ela foi inaugurada há muito tempo, não por alguém com um Fusquinha transportando roupas, mas bem, bem antes mesmo. E isso vale tanto para o novo quanto para o velho escambo, seja ele oriundo dos sacoleiros paraguaios ou dos modernos transportadores.

UMA DICA PARA VIAJANTES

Você gosta de viajar? Se a resposta é sim, mas é daqueles que, como a maioria, não dispõe de meios para ficar em hotéis, principalmente nos de primeira linha, aqui vai uma dica interessante: CouchSurfing.

O conceito é simples: Você oferece hospedagem aos visitantes, através do site, e também a consegue. Couch, no caso, é sofá. E surfing, bem, surfing é surfing. Que no caso pode ser traduzido em viagem. O princípio, como disse, é simples, mas muito prático. E com ele fica bem mais fácil viajar.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

14 Respostas

Entre na conversa