E ENTÃO A BRIGA COMEÇOU…

Diz o velho ditado que em briga de marido e mulher, ninguém deve meter a colher. O significado, como todos sabemos, é que não devemos nos meter nas brigas alheias. Mas o que ninguém diz é o porque dessas brigas começarem. O que as causa? Será que existe uma razão específica ou são várias?

Para responder a esta perguntas aqui vão algumas situações verossímeis, capazes de acontecer na vida real e que, como afirmam, fazem com que a briga comece:

1 – Minha esposa sentou-se no sofá junto a mim enquanto eu passava pelos canais.
Ela perguntou, “O que tem na TV? Eu disse: “Poeira”.
E então a briga começou…

2 – Minha esposa estava dando dicas sobre o que ela queria para seu aniversário, que estava próximo.
Ela disse: “Quero algo brilhante que vá de 0 a 200 em cerca de 3 segundos”. Comprei uma balança para ela.
E então a briga começou …

3 – Quando cheguei em casa ontem à noite, minha esposa exigiu que a levasse a algum lugar caro. Levei-a ao posto de gasolina.
E então a briga começou…

4 – Minha esposa e eu estávamos sentados numa mesa na minha reunião de colegial,
e eu fiquei olhando para uma moça bêbada que balançava seu drinque, enquanto estava sozinha numa mesa próxima.
Minha esposa perguntou, “Você a conhece ?”Sim,” disse eu, “é minha antiga namorada…Sei que começou a beber logo depois que nos separamos há tantos anos e pelo que sei ela nunca mais ficou sóbria”.
”Meu Deus!”, disse minha esposa, “quem pensaria que uma pessoa poderia celebrar por tanto tempo?”
E então a briga começou…

5 – Depois de aposentar-me, fui até o INSS para poder receber meu benefício. A mulher que me atendeu solicitou minha identidade para verificar minha idade. Chequei meus bolsos e percebi que a tinha deixado em casa. Disse à mulher que lamentava, mas teria que ir até minha casa e voltar depois.
Ela disse: “Desabotoe sua camisa”. Então, desabotoei minha camisa deixando exposto meus cabelos crespos prateados.
Ela disse: “Este cabelo prateado no seu peito é prova suficiente para mim,” e processou meu benefício. Quando cheguei em casa, contei entusiasmado o que ocorrera para minha esposa.
Ela disse: “Por que você não abaixou as calças? Você poderia ter conseguido auxílio-invalidez também….”
E então a briga começou…

6 – A mulher está nua, olhando no espelho do quarto de dormir. E não está feliz com o que vê e diz para o marido: “Sinto-me horrível; pareço velha, gorda e feia. Realmente preciso de um elogio seu”.
O marido retruca: “Sua visão está perto da perfeição”.
E então a briga começou …

7 – Levei minha esposa ao restaurante. O garçom, por algum motivo, me perguntou, primeiro, o que queria. “Vou querer churrasco malpassado, por favor”.
Ele disse: “Você não está preocupado com a vaca louca?”. “Não, ela mesma pode fazer seu pedido”.
E então a briga começou…

As situações são engraçadas, por serem forçadas, forma de fazer uma piada. Mas se olharmos a vida real vemos que muitas brigas começam do nada, por motivos que, racionalmente, não deveriam ser nem discutidos. Viver juntos não é fácil e como homens são de Vênus e as mulheres, de Marte, as coisas acontecem quando menos se espera. Ou como dizia o Barão de Itararé: De onde não se espera e que não sai mesmo!

Fato ou não, rir é sempre um bom negócio. Mesmo que sejamos nós próprios o objeto do riso, o que não é o caso, aqui, pois todas as situações são fictícias, até por não ser o casamento e o relacionamento de um casal motivo só de brigas. Elas existem, mas em muitos casos a convivência é ótima, como acontece comigo.

O casamento, que é motivo de piadas – assim como vários outros assuntos, indo das sogras às louras – é uma grande instituição. Você concorda? Eu, pelo menos, acho que sim.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

6 Respostas

Entre na conversa