DORMINDO PARA NÃO ENGORDAR

sono.jpgAgora, quando ando pelas ruas e observo as pessoas, fico me perguntando, sempre que vejo alguém acima do peso: Será que ela tem insônia? Não. Isso não é maluquice. Passei a me perguntar a partir de uma pesquisa desenvolvida por cientistas franceses – é sério – que apontaram o pouco sono como um dos fatores que ajudam as pessoas a engordarem.

O estudo foi feito pelo Instituto Francês de Nutrição e concluiu, de forma decisiva, que dormir pouco influi diretamente no aumento do peso, assim como na aparição de doenças metabólicas e cardiovasculares. Sim, quem não dorme, pela pesquisa fica gordo, tem problemas de digestão e cardíacos.

Sempre imaginei que a insônia, que não é nada bom – já a tive, e posso dizer – nos deixasse irritadiços, indispostos e cansados, já que o sono tem, também, o caráter reparador, de nos relaxar e descansar. Depois que a insônia se foi, acabei ganhando peso. Neste caso, devo ser a exceção que toda regra tem, pois dormir melhor me fez engordar, não emagrecer.

A pesquisa, que como já ressaltei é séria, mostrou, também, que a dieta medieval era mais saudável que a atual. Aqui talvez a explicação seja que os alimentos eram naturais. Não havia geladeira, produção industrial, adição de produtos químicos e tudo o que hoje está embutido nos alimentos industrializados. E por fim, que o sal estimula a obesidade nas crianças.

O estudo avança e avalia, ainda, como se dá este aumento de peso, relevando que há, no caso dos insones, um aumento de 24% no apetite, que é suprido com alimentos ricos em gorduras e açúcares, dois bons caminhos para o ganho de peso. Junto disso vem a diminuição do exercício físico, que dá um novo empurrão no sentido de aumento de peso.

E no final, para fechar, a pesquisa feita na França revelou que, dentre os ouvidos, quase a metade afirmou que dorme de forma insuficiente e 17% do total acumula sono crônico. Bom, a impressão que fica é que, se quisermos manter um perfil longilíneo, o jeito é dormir e dormir bem. Os especialistas falam que o ideal são oito horas.

Se os pesquisadores estão certos, vamos dormir melhor e ajudar o organismo a manter-se saudável. (Via NUD)

Tag: sem tag

15 Respostas

Entre na conversa