DE CARROS E COMPUTADORES

carro1.jpg

O todo poderoso Bill Gates, que fundou a Microsoft e se transformou no homem mais rico da terra, tem sempre opiniões definitivas. Pelo menos quando as dá, elas assumem fundo de verdade quase absoluta que ninguém ousa contestar.

Talvez acostumado a isso, ele fez, em uma apresentação há algum tempo – não é tão novo, pois rola na internet e esta é a segunda vez que a recebo – uma comparação entre a indústria de computadores e a automobilística.

O que ele disse? Exatamente isso: “se a General Motors tivesse evoluído tecnologicamente, tanto quanto a indústria de computadores evoluiu, estaríamos dirigindo carros que custariam 25 dólares e que fariam 1000 milhas por galão (algo como 420 km/l)”.

O que talvez o todo poderoso da Microsoft não esperava era a resposta pronta da montadora, que, por sinal, é muito boa. Veja a comparação feita e me diga se não é perfeita?

  • Toda vez que eles repintassem as linhas das estradas, você teria que comprar um carro novo.
  • Ocasionalmente, dirigindo a 100 km/h, seu carro morreria na Autoestrada sem nenhuma razão aparente, e você teria apenas que aceitar isso, sem compreender o porque! Depois, deveria religá-lo (desligando o carro, tirando a chave do contato, fechando o vidro saindo do carro, fechando e trancando a porta, abrindo e entrando novamente… Em seguida sentar se no banco, abrir o vidro, colocar a chave no contato e ligar novamente). Depois, bastaria ir em frente.
  • Ocasionalmente a execução de uma manobra a esquerda poderia fazer com que seu carro parasse e falhasse… Você teria então que reinstalar o motor! Por alguma estranha razão você aceitaria isso como “normal”.
  • A Linux faria um carro em parceria com a Apple, extremamente confiável. Cinco vezes mais rápido e dez vezes mais fácil de dirigir. Mas apenas poderia rodar em 5% das estradas.
Os indicadores luminosos de falta de óleo, gasolina e bateria seriam substituídas por um simples “Falha Geral ou Defeito Genérico” (permitindo que sua imaginação identifique o erro!).
  • Os novos assentos obrigariam todos a terem o mesmo tamanho de bunda.
Em um acidente, o sistema de air bag perguntaria: “Você tem certeza que quer usar o air bag?”.
  • No meio de uma descida pronunciada, quando você ligasse o ar-condicionado o radio e as luzes ao mesmo tempo, ao pisar no freio apareceria uma mensagem do tipo “Este carro realizou uma operação ilegal e será desligado!”.
  • Se desligasse o seu carro utilizando a chave, sem antes ter desligado o radio ou o pisca-alerta, ao ligá-lo novamente, ele checaria todas as funções do carro durante meia hora, e ainda lhe daria uma bronca para não fazer isto novamente.
  • A cada novo lançamento de carro, você teria de reaprender a dirigir. Coisa fácil: voltaria a autoescola para tirar uma nova carteira de Motorista.
  • Para desligar o carro, você teria de apertar o botão “Iniciar”
  • A única vantagem: Seus netos saberiam dirigir muito melhor do que você!

E então, o que você acha? Quem tem razão? O Bill Gates ou a GM? Se você, como eu, já experimentou um outro sistema operacional que não o Windows, acho que vai dar razão à GM.

PESQUISA DA FELICIDADE

Nesta semana o assunto da pesquisa é a felicidade. E então, o que o deixa ou a deixa feliz? Deve existir muitas coisas, mas algumas delas estão na barra lateral. Vá lá e veja as opções, escolha uma e vote. Vamos apurar o que os leitores acham que lhes fazem a felicidade.

BLOGAGEM COLETIVA

plimpo.jpg

O número de participantes continua aumentando. Também, não é para menos diante do apoio recebido, com vários blogs se alinhando à blogagem.

É o caso, por exemplo, do Ricardo Rayol, do Mário, do Cejunior, do Oscar, da Cris Penaforte, da Fernanda, da Mélica, da minha querida Euza, a Loba, da Enoísa, da Jeanne, da Nádia, da Marina, e da Adriana. Graças a eles – e aos outros blogueiros que estão participando e divulgando – não tenho dúvida que a blogagem vai ser um sucesso.

Gente, muito obrigado. Vocês são demais.

BLOGS PARA PENSAR

thinkb.jpg

Este post está ficando quilométrico, mas não poderia deixar de registrar uma indicação de ser um “thinking blog” feita pelo Marco, do Antigas Ternuras, um blog que já indiquei aqui e que está nos meus Favoritos. Só posso agradecer.

Lá, como nas indicações anteriores, estou em muito boa companhia. Então, deem uma passada por lá, vejam e visitem os indicados. E se quiserem saber quais são as minhas indicações, vejam aqui.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

35 Respostas

Entre na conversa