CONFIANDO NO MELHOR AMIGO

Em quem você confia?

Esta pergunta é a base para uma pesquisa feita pelo Ibope e que, talvez, você tenha visto na mídia e que aponta pessoas, instituições e profissionais em quem os brasileiros mais confiam. O resultado, pelo menos para algumas das categorias, me deixou surpreso. Não imaginava, por exemplo, que 98% dos nossos concidadãos confiassem em Deus. Sei que o povo é religioso, mas não o via, até agora, assim tão crente e confiando tanto em um ser superior, principalmente quando números do Censo apontam um percentual bem maior do que 2% de pessoas que afirmam não terem religião e não acreditarem em uma divindade. Bem, como se trata de uma instituição séria, não há o que questionar.

O segundo lugar, ainda de acordo com os números da pesquisa, ficam com os bombeiros que têm 97% de confiabilidade. Um número alto, sem dúvida. No meu caso fico pensando: É mesmo preciso confiar nestes profissionais, pois eles só atuam em situações de risco, em emergências e têm, sempre, um objetivo claro, que é dar segurança às pessoas, retirando-as do perigo. Também confio neles e louvo a ação que fazem, que é meritória em todos os sentidos. Este grau de aprovação se destaca quando vemos de quem é o terceiro lugar.

Depois de Deus e dos bombeiros, a maior confiança vai para o pai ou a mãe, que têm um índice de 96%. O curioso, aqui, é que existem 4% que não acreditam ou não confiam nem no pai, nem na mãe. Por quê eu não sei e pelo que li a pesquisa não explica, apenas mostrando os números do resultado da consulta, que foi feita em todo o Brasil. Os três primeiros postos servem, no entanto, para destacar o fato que, na verdade, chamou minha atenção para a pesquisa, mostrando quem os brasileiros vêm como mais confiáveis.

A surpresa ficou por conta do cão. Ele é, verdadeira, considerado o amigo fiel do homem – e da mulher, também, já que na consulta estão envolvidos os dois sexos. O grau de confiança é maior do que nas pessoas, mesmo que sejam mais próximas. O cão, símbolo da amizade, é reconhecido como amigo e confiável. Aliás, sobre a questão lembrei-me de um dito antigo que afirmava ser melhor ter um cachorro amigo que um amigo cachorro. Parece que nós, brasileiros, concordamos plenamente com esta afirmação e a constatação é o alto índice de confiabilidade apontada pelo Ibope.

Em relação a estes números, como você fica? Em quem confia mais? Acha que o cão é mesmo confiável? É bom falarmos sobre isso, revelando um pouco do que pensam os brasileiros – e nós somos brasileiros – quando se trata de confiança. A pesquisa mostra, ainda, que há um grande grau de confiança nos Correios, no Real (a moeda) e nos pilotos de aviação, mas as Forças Armadas são menos confiáveis que o cão, um paradoxo se lembrarmos que os bombeiros são, também, militares.

VAI E VEM, ALTOS E BAIXOS

Este blog tem passado, nos últimos tempos, por alguns vai e vem, provocado, sobretudo, por excesso de atividade de quem dele cuida. E em razão disso ocorrem altos e baixos, com as postagens ficando meio que irregulares. Estou trabalhando para que o ritmo volte ao normal, inclusive com a visita aos amigos.

Enquanto isso, agradeço a todos a paciência e as visitas e comentários. Meu intuito foi, desde o início, fazer deste espaço algo participativo, daí a importância que dou à interação, feita em parte através dos comentários aqui deixados e das visitas feitas, mas também de visitas e comentários que faço aos outros blogs. E isto, infelizmente, não tenho conseguido fazer.

São tempos difíceis, mas que serão superados. Então, peço a compreensão de todos.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

14 Respostas

Entre na conversa