CANALHAS OU VAGABUNDAS?

infidel.jpg

O que os homens e as mulheres pensam sobre traição? Para responder esta questão, a Futura, uma empresa de pesquisa do Espírito Santo, foi às ruas perguntar às pessoas e, no meu entender, algumas das posições são surpreendentes.

A pesquisa foi feita na área urbana da Grande Vitória, que reúne cinco municípios e que tem, juntos, cerca de 1,5 milhão de habitantes. Portanto, reflete a opinião de um bom aglomerado urbano e humano. Mas o que impressiona são os dados. Se, de um lado, há a ideia de que os homens são galinhas – e canalhas? – e outro há a admissão, de um significativo grupo de mulheres que a traição é comum aos dois sexos.

Um dado que me impressionou é que, dentre as mulheres consultadas, nada menos do que oito por cento delas acham que, no caso feminino, a traição ocorre porque as mulheres são vagabundas. Esta percepção é mais presente entre as camadas de menor renda. Neste caso, parece que houve, do lado feminino, a internalização de um comportamento machista, que permite tudo ao homem e nada à mulher.

Do lado masculino, ainda de acordo com a pesquisa, a justificativa mais comum para a traição masculina é que os homens são, sim, galinhas e que a infidelidade é cultural. Do lado das mulheres, a infidelidade está, na maioria dos casos, aliada à insatisfação com o parceiro. No final, no entanto, praticamente metade dos entrevistados dos dois sexos admitem que traíram ou foram objeto de traição.

Enfim, no final, fica a impressão que os homens traem por serem machistas e infiéis por natureza, isto do ponto de vista de ambos os sexos. E as mulheres, por insatisfação. E há, ainda, um outro dado: poucos – homens e mulheres – atribuem a traição à falta de amor.

E você, o que acha da traição? Ela é aceitável? Pode ser perdoada? A pesquisa mostra que as mulheres tem muito mais tendência a perdoar uma traição que o homem. Você acha que é isso mesmo?

QUE TAL DEFENDER A PAZ?

selopaz4.jpg

No dia 01 de novembro estamos blogando pela paz. Que tal, neste dia, nos unirmos e, em uma só voz, pedirmos pela paz, esta coisa tão necessária ao mundo de hoje? Juntos, vamos ser ouvidos e deixar claro que este não é um desejo individual, mas coletivo.

Aqui fica o convite para você. Participe e divulgue no seu blog. Se for participar, somente, deixe um comentário, avisando-me. Se for divulgar, veja os selos da blogagem, copie um deles e coloque no seu blog, chamando a atenção para ela.

A PESQUISA CONTINUA

Se você já veio aqui mas não votou na pesquisa ou se chegou agora, façam o favor. Deem uma olhada na barra lateral e definam o que mais temem. Este é o tema da pesquisa desta quinzena e as respostas, até agora, são variadas.

Participe e, depois de votar, deixe um comentário dizendo o porque do seu medo.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

24 Respostas

Entre na conversa