AUGUMAS FRAZIS CENÇASSIONAIS

Há algum tempo relacionei, aqui no blog, uma série de frases construídas por alunos que prestaram o vestibular. Tinha cada coisa que para chamar quem a escreveu de iletrado teríamos de caminhar um bom pedaço na deseducação que parece imperar no sistema educacional brasileiro.

Pois não é que agora recebo de um amigo professor frases pinçadas do vestibular da PUC, no Rio de Janeiro. Como o título indica, tem (sic) augumas cençassionais. Confira:

  • Sobrevivência de um aborto vivo (título de redação);
  • O Brasil é um País abastardo com um futuro promissório parece que confusório e preocupatório também;
  • O maior matrimonio do País é a educação;
  • Precisamos tirar as fendas dos olhos para enxergar com clareza o número de famigerados que aumenta;
  • O bem star dos abtantes endependente de roça, religião, sexo e vegetarianos, está preocupan-do-nos;
  • Também preoculpa o avanço regressivo da violência;
  • O Hino Nacional Francês se chama La Mayonese…
  • Tiradentes, depois de morto, foi decapitulado.
  • Entres os índios de América, destacam-se os aztecas, os incas, os maios, os pirineus, os phenícios, egipcios, facistas…
  • Em Esparta as crianças que nasciam mortas eram sacrificadas.
  • No começo os índios eram muito atrazados mas com o tempo foram se sifilizando.
  • No tempo colonial o Brasil só dependia do café e de outros produtos extremamente vegetarianos.
  • A capital de Portugal é Luiz Boa.
  • O Brasil é um país muito aguado pela chuva, senão veja a Amazônia…
  • Na América do Norte tem mais de 100.000 Km de estradas de ferro cimentadas.
  • Oceano é onde nasce o Sol; onde ele nasce é o nascente, e onde desce, é o decente.
  • A Terra é um dos planetas mais conhecidos no mundo e suas constelações servem para esclarecer a noite.
  • Expansivas são as pessoas tangarelas.
  • O clima de São Paulo é assim: quando faz frio é inverno; Quando faz calor é verão; quando tem flores é primavera; quando tem frutas é outono e quando chove é inundação.”

É triste ver que os alunos que saem do ensino médio a cada dia sabem menos. E é mais triste ainda por saber que a educação é a base essencial para que um país cresça e se desenvolva.

Talvez por causa dessa situação â- ou seria deça cituassão – que tenhamos quase um terço da população dependendo do Bolsa Família para viver. Se continuarmos assim, as coisas só tendem a ficar piores.

E, no final, quem é que paga a conta? Nós, é claro.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

21 Respostas

Entre na conversa