AS PREDIÇÕES DO PASSADO

predic.jpg

Como você sabe que uma nova tecnologia dará certo? Esta é a pergunta crucial que todos fazemos, a começar por quem desenvolve qualquer tipo de coisa nova.

Não há – pelo menos nunca vi nada a respeito – uma receita para fazer com que um invento funcione e outro não. Neste campo, aliás, parece que existem coisas que, inicialmente, vistas como supérfluas, que deram muito certo.

Destas, existem registros. Do que deu errado, muitas vezes nada ficou registrado e, assim, foi esquecido. Por isso, que estas previsões do passado são interessantes. Confira:

  • “No futuro, os computadores não pesarão mais que 1,5 tonelada”. Revista Popular Mechanics, antecipando a marcha da ciência em 1949
  • “Acredito que o mercado mundial só comporte, talvez, cinco computadores”. Thomas Watson, Diretor da IBM, 1943
  • “Eu viajei por todo o país e falei com as melhores pessoas e posso garantir que o processamento de dados não dura mais que um ano”. Editor de livros de negócios da Prentice Hill, 1957
  • “Mas… para que ele serve?” Engenheiro da Divisão de Sistemas Computacionais Avançados da IBM, 1968, comentando a invenção do microchip.
  • “Não há nenhuma razão que leve alguém a querer um computador em casa”. Ken Olson, fundador da Digital Equipamentos, 1977
  • “Este “telefone” tem muitos problemas para ser seriamente considerado como um meio de comunicação. Este invento não tem nenhum valor para nós”. Memorando da empresa de telégrafos Western Union, 1876.
  • “O rádio não tem nenhum valor comercial. Quem vai pagar por uma mensagem enviada para ninguém em particular?”. Analista da David Sarnoff questionado em 1920 sobre investimentos no rádio
  • “Quem, com os diabos, vai querer ouvir os atores falarem?”. H.M. Warner, Warner Brothers, 1927.

Estes são alguns exemplos. Mas não são os únicos. É o caso da guitarra, do que um diretor de gravadora não gostava e predisse que não duraria. Ou do avião, considerado algo impossível antes que Santos Dumont voasse.

É também o caso do primeiro computador Apple, rejeitado pela HP. Ou do descrédito sobre o trabalho com foguetes. E os exemplos seguem.

E você, sabe de alguma ideia que deu certo mas que, no início, foi rejeitada? Se sabe, conte para a gente. Se não, diga o que achou das predições feitas.

O QUE VOCÊ MAIS TEME?

Por mais destemidos que sejamos, sempre tem um medo que nos aflige. E isso não é mau, pois como observam especialistas foi o medo que nos tornou dominantes no planeta. Graças a ele, tomamos cuidados que, se não o tivéssemos, não tomaríamos.

Mas esta não é a questão. O importante é você participar da pesquisa da semana. Vá à barra lateral, escolha uma opção e vote. E também deixe um comentário falando do seu medo. Ou de não tê-lo.

BLOGAGEM COLETIVA

E não se esqueça que amanhã, dia 21, é dia da blogagem coletiva contra a Discriminação Racial e todo tipo de discriminação.

Já temos algumas dezenas de blogs do Brasil e de fora do país que confirmaram sua participação. E você, vai ficar de fora?

Se for participar, pode pegar o selo da blogagem aqui. E deixe um comentário, avisando de sua participação para que inclua o seu link no post de amanhã£.

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

38 Respostas

Entre na conversa