A NOVA ERA DO SEM FIO

display.jpg

Imagine o vidro dianteiro de um carro que mostre um mapa com o seu destino e que não impeça a visão. Não. Não é ficção científica. A possibilidade de criação de um display como este já existe e se deve a pesquisas feitas nos Estados Unidos pela Universidade de Evanston.

Na verdade, o que os pesquisadores imaginaram vai mundo além, pois trata-se, no caso, de um carro militar que, além do mapa, pode mostrar o alvo perseguido e outros instruções ao soldado ou oficial que o estiver conduzindo. Mas a tecnologia pode ser usada, também, para fins pacíficos e, se o for, pode representar uma revolução no que hoje temos em termos de carros.

Como funciona? Segundo os pesquisadores, eles combinaram materiais orgânicos e inorgânicos para criar um novo tipo de transistor, que é transparente, tem alta performance e podem ser montados tanto no vidro quanto no plástico. E o melhor, dizem, não custa muito.

O resultado é que você terá telas de alta qualidade, resolução altíssima, próxima do real. E tudo isso sem que fios apareçam. É como se você estivesse olhando para um vidro comum que, ao ser ligado, se transforma em uma tela de alta resolução.

Estes novos transistores podem, também, ser combinados com telas que usam tecnologia de cristal líquido, por exemplo, e que são luminescente, já usados como telas de TV. As aplicações vão de telas com altíssima resolução para as televiseis, computadores, celulares e outros equipamentos.

A previsão dos pesquisadores é que, a partir do protótipo já construído por eles, estes novos transistores podem estar no mercado dentro de 12 a 18 meses. Para comercializar a nova invenção, os pesquisadores criaram uma empresa, a Polymera.

Se você gosta de qualidade, é só esperar. O que ninguém disse é quanto essa nova tecnologia irá custar. Se tomarmos por base os televisores de LCD e Plasma, no início, eram muito caros. Hoje, custam menos, mas são, assim mesmo, inacessíveis para a maioria. (Via Eureka)

COMO VOCÊ SE INFORMA?

Qual é o meio que você mais usa para se informar? Não, não responda, ainda. Vá à barra lateral e veja as opções. Escolha uma e vote, ajudando a determinar como os leitores se informam.

Hoje, jornais, rádios, TVs, revistas e internet competem pelo mesmo público. Quem está levando a melhor? É o que vamos saber no final.

Tag: sem tag

23 Respostas

Entre na conversa