A GENTE SABIA, MAS AGORA É CIENT͍FICO

Uma coisa que é quase unânime entre os homens é que eles, na juventude, aderiram a Onan, praticando o onanismo. Entre os que pertencem ao gênero masculino este é um assunto sobre o qual se fala abertamente e, por isso, todos nós sabemos que a prática é comum.

Se você chegou até aqui e não entendeu nada, estamos falando de masturbação.
A novidade é que acaba de sair um estudo nos Estados Unidos informando, depois de pesquisas cientificas, que os jovens – homens e mulheres – o praticam, alguns mais, outros menos, mas a prática é comum.

O que a pesquisa constatou é que no caso dos jovens, cerca de 75% deles confessaram ser adepto do que um personagem de romance chamou de “manual overdrive”.

Descobriram o óbvio? Parece que sim. Mas a pesquisa mostrou que os jovens que se masturbam tem, depois, hábitos sexuais mais saudáveis e seguros, usando camisinha, por exemplo. Este comportamento, no entanto, se aplica aos meninos, não às meninas.

A pesquisa considerou, ainda, quantas vezes por semana meninos e meninas se masturbavam. Entre eles, a maioria disse que pelo menos duas vezes por semana. Os números mostram que as meninas praticam menos este esporte e atribui isso ao estigma que a masturbação tem na sociedade para este tipo de prática.

A autora da pesquisa, feita com 800 jovens, afirma que a masturbação é um componente fundamental da sexualidade dos adolescentes e que, por isso, precisa ser melhor estudada. Outra coisa que afirma é que, em relação as mulheres, embora o número de quem se masturba seja pequeno isso não quer dizer que a prática não seja mais espalhada. Outra vez a justificativa do estigma.

Ah! por fim uma informação nova: Tanto para meninos quanto para meninas a masturbação está lincada com sexo oral e o próprio ato sexual. No caso das meninas, está ligada à mútua masturbação e também ao sexo anal.

Vai dizer que você sabia tudo isso?

Compartilhe:

Twitter
Facebook
LinkedIn
Pinterest

4 Respostas

Entre na conversa