E SE VÍSSEMOS O FUTURO?