Informação por quem a produz

Vasto mundo que é, a Internet apresenta algumas iniciativas interessantes. Para achá-las, basta um procura mais acurada.

Um dessas iniciativas é, sem dúvida, os sites que permitem a postagem de informações por quem as produz, como o Digg, em inglês, o Linkk, em português.

Graças a uma nova tecnologia, eles permitem que, a exemplo do que ocorre nos blogs, as informações sejam neles postadas. E qualquer um, desde que cadastrado, pode fazer isso.

O Digg tornou-se um campeão de audiência e modelo para vários outros sites.

O que sites como esse fazem É permitir a personalização da informação, além de oferecer uma gama de notícias que nenhum outro lugar tem.

Além disso, dá¡ força ao que É comum, no sentido de comunitário, que interessa a mais pessoas. E não faz o filtro do que É mostrado ao público.

Serve, também, para o exercício de um tipo de jornalismo que na grande imprensa não É mais possível, devido não só aos filtros colocados, mas aos interesses em jogo.

Presta-se, por fim, e muito bem, para as informações comunitárias, envolvendo cidades, bairros, associações, etc., que não tem um canal próprio e não conseguem chegar a mídia.

É uma nova onda. E muito em breve, ela estará¡ disponível, aqui, no Espírito Santo.

Compartilhe:

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Comentários estão encerrado.