Midia-ditadura-e-contra-hegemonia-capa-1

MÍDIA, DITADURA E CONTRA HEGEMONIA

Jornais alternativos, chamados de nanicos, e que se opuseram à ditadura floresceram no Brasil no regime militar. No Espírito Santo não foi diferente e um deles, Posição, marcou época, desconstruindo o discurso do Governo, mostrando o que a grande imprensa não mostrava devido à censura ou aos interesses de seus proprietários.

Mídia, Ditadura e Contra Hegemonia mostra, tomando como base o modelo de Antonio Gramsci, como Posição adotou posição anti hegemônica no Estado e ajudou a construir um nova realidade, que levou ao regime democrático.

O QUE O LIVRO DISCUTE

Uma pequena mostra do que o livro aborda e discute, dando um panorama do
que é abordado e como foi a ação do jornal Posição no Espírito Santo

Jornais fazem história?

Os teóricos da História afirmam que sim e que eles são ótimas fontes para aferir o que aconteceu em determinado período. Posição, no caso, foi a base deste trabalho, mostrando em um pedaço de espelho uma realidade que era escondida.

Intelectuais orgânicos em ação

Posição reuniu uma equipe de intelectuais que, no Espírito Santo, ajudou a desconstruir a hegemonia da ditadura militar e, ao mesmo tempo, participou da reconstrução de nova hegemonia, que levou à democracia.

Comparando os discursos

Para aferir a ação do jornal Posição o livro faz uma análise do discurso ufanista da ditadura militar e o compara com o discurso das matérias veiculadas pelo jornal, mostrando a disparidade entre eles e revelando a tentativa de ocultur a realidade.

O modelo teórico e a realidade

O livro construiu, a partir da teorização de Antonio Gramsci, um modelo e buscou, na realidade, enquadrá-lo no quadro da luta contra hegemônica, provando que a ação de Posição foi efetiva na desconstrução do ufanismo da ditadura.

O jornalismo e sua ação política

Mídia, ditadura e contra hegemonia mostra como o jornalismo pode tomar a ação política, protagonizando-a e ajudando a mudar uma situação, mesmo em casos de ditaduras como era o do Brasil durante o regime militar.

Jornalismo e jornalistas combativos

Posição formou um núcleo de jornalismo e jornalistas combativos que contavam com a simpatia de quem atuava na chamada “grande imprensa”, ajudando a abastecê-lo de informação que mostrava uma realidade diferente da pretendida pelo regime.

PUBLIQUE SEU LIVRO

Cuidamos de tudo para que você publique o seu livro e realize seu sonho. É fácil, rápido e você pode, sim, ter o seu livro publicado e impresso ou em formato digital.

Recebemos o seu texto, revisamos, fazemos o projeto gráfico, capa personalizada, registro no ISBN e entregamos o livro pronto no formado digital. Ou, então, o arquivo para que imprima a sua obra prima.

Mais Livros Gratuitos

Livros grátis que você pode baixar e ler no seu tablete, smartphone ou computador e, ainda, compartilhar
com amigos e colegas. É só clicar na capa do livro para ver maiores detalhes dele e decidir se quer lê-lo.

A censura como política de Estado e a política que leva à luta contra hegemônica são alguns dos assuntos do livro, que traz cinco ensaios diferentes.

Como as Assessorias de Imprensa influem no noticiário e na pauta da mídia, abrindo espaços gratuitos para os seus clientes e promovendo seus produtos e ações.

Um guia detalhado para quem quer fazer pães saudáveis e gostosos em casa, economizando e melhorando a alimentação, com receitas testadas.

Contos que falam de amor, vingança, retorno, sonho com fortuna, cheques sem fundo, engenharia genética e gratidão.