Pequeno e charmoso, o Espírito Santo tem praias, ótima culinária, um mix de cultura e clima de montanha onde se pode “curtir” o frio em pleno verão. É também um dos Estados que mais se desenvolve no Brasil.

VILA VELHA, O BERÇO DO ESPÍRITO SANTO

A Praia do Ribeiro, em Vila Velha, foi o local escolhido por Vasco Coutinho para fundar o Estado do E. Santo

O

Estado do Espírito Santo nasceu em Vila Velha, não com a chegada dos primeiros colonizadores, nas naus de Vasco Fernandes Coutinho, mas com os índios goitacazes, aimorés e tupiniquins que habitavam suas costas e que opuseram feroz resistência à colonização pelos estranhos que desembarcaram em suas terras.

Existem duas versões para a chegada de Vasco Fernandes Coutinho à capitania que lhe havia sido concedida pelo rei de Portugal. Uma, fala do seu desembarque na Prainha. Outra, que a chegada ocorreu na Praia do Ribeiro, local que teria sido escolhido por ter uma nascente de água e onde o primeiro donatário estabeleceu sua residência. A chegada se deu no dia 23 de maio de 1535 e junto com a sua tripulação, o donatário fundou a Vila do Espírito Santo, uma homenagem ao domingo de Pentecostes, o dia da chegada. A vila passou, então, a ser a capital da nova capitania, status que perdeu em 1551 quanto foi fundada a vila de Vitória.

Segundo os historiadores, a mudança se deu devido aos constantes ataques dos indígenas e, também, para se defenderem dos ataques dos holandeses, que queriam conquistar a terra. Embora existam vários hiatos na história do município, ele se desenvolveu em 1827, um censo mostrou que a vila contava com mais de 2,1 mil habitantes. O município, como o conhecemos hoje, foi criado em 1890, quando também foi adotado o nome atual. Antes, Vila Velha era chamada de Vila do Espírito Santo.

DESENVOLVIMENTO

A partir daí a cidade cresceu e se desenvolveu, primeiro baseando sua economia na agricultura e, depois, ganhando novos segmentos econômicos. Junto com a capital, passou a ser uma das mais importantes cidades do Estado, guardando símbolos do Espírito Santo, como o Convento da Penha, com mais de 400 anos, e a Chocolates Garoto, internacionalmente conhecida pelos seus produtos. Além disso oferece ótimas praias, boa gastronomia e recebe sempre bem os visitantes, transformando o turismo em um dos seus principais itens econômicos.

Vila Velha tem a segunda população do Espírito Santo, só perdendo para a Serra, e é também um dos mais importantes do ponto de vista econômico, sediando um largo complexo de logística. Um dos mais fortes segmentos é o da construção civil, com o município respondendo por mais de 50% de todas as construções no Estado, notadamente na área residencial.

Vila Velha tem, também, um alto índice de consumo, com um florescente comércio de roupas, no Polo da Glória, e com um movimentado comércio de rua no Centro da Cidade. Além disso, dois shoppings – e um terceiro em fase final de construção – oferecem o que há de melhor aos moradores e visitantes do município.

WIKIPEDIA

O que a Wikipedia – a enciclopédia livre – diz sobre a história e outros fatos de Vila Velha

VISITE VILA VELHA

Um site com muita informação sobre Vila Velha: onde ficar, o que comer, onde comer, o que visitar e mais.

PREFEITURA DE VV

O site da Prefeitura de Vila Velha com informações sobre serviços municipais, praias boas para banho e eventos na cidade.

CONVENTO DA PENHA

Ícone capixaba e com uma vista de 360 graus de Vila Velha, o Convento é uma das mais antigas construções do Brasil.

SHOPPINGS CENTERS

Os shoppings Praia da Costa e Boulevard oferecem muitas opções de compras e lazer. A cidade tem, ainda, um polo de confecções no bairro da Glória.